Sua sonda

sonda

(reflexão)

“Se tudo correr bem”, segundo o jornal C.P. de maio/03 (Porto Alegra, RS), “a sonda não tripulada Muces-C (lançada pelos japoneses em maio/03 a um corpo celeste muito menor e muito mais distante que a Lua) terá três contatos de um segundo com o pequeno asteróide 1998 SF36 e trará cerca de um grama de material (pedras espaciais) de sua superfície”. Isto nos faz lembrar o Sl 139. 23 e 24: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno”.

O homem consegue buscar do meio do universo provas materiais das existências; isto nos admira. Deus não poderia conhecer o nosso coração e ver tudo o que se passa com ele? O que ele não pode sondar? Se ele sonda tudo dentro de nós, já não teria visto o que provocou as feridas, as dores, as lágrimas, a morte? O que tudo vê não poderia sarar feridas, solucionar problemas, encher a alma de esperança e dar vida abundante?

Sua sonda – sua maravilhosa onisciência – é infinitamente potente para renovar tudo o que há, tornando novas todas as coisas!, 2 Co 5.17. O segredo é: estarmos nele. Orações frágeis, corações palpitantes, tudo será estudado, analisado, por ele, em seu laboratório celestial! Ele se inquieta com nossos temores e é sensível ao nossos bramidos. Acalenta almas invadidas pela incerteza. Quebra espinhos por onde marcham os pés, pois sabe que, diante de nossa fraqueza, por estes desertos, é que precisamos de seu sustento, até que, definitivamente, cheguemos lá.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *