Sempre é Natal?

Sempre é Natal

(Reflexão)

Lembro-me de uma visita que fiz à casa de um irmão, no meio de um dos anos que tiramos para fazer a obra de Deus em uma pequena cidade do interior. Fazia frio, e numa tarde fui bater à porta dele. Enquanto eu esperava ser atendido, admirava uma guirlanda natalina pendurada na porta. Pensei comigo se a haviam deixado de propósito, embora o Natal tivesse passado meio ano. Feito o dever, voltei para casa. Em casa, ainda pensando no motivo natalino fora de tempo, liguei o rádio em ondas curtas, numa rádio qualquer, e qual não foi minha surpresa! Estava sendo tocada naquele momento a mais amada canção de Natal “Noite de Paz”! Em alerta, indaguei: “O que está acontecendo? Outra vez o motivo natalino! Mera coincidência?”. E então comecei a refletir bastante, enquanto a tarde fria, sem sol e muito silenciosa cooperava para isto. Tal experiência gravou-se muito em mim, fazendo saber mais uma vez, que Cristo sempre está pronto a nascer no coração das pessoas, seja qual for o tempo!

Hoje, neste momento em que escrevo (06/2015), também metade do ano, penso nos dias que passam, e vejo Cristo não escolhendo ocasião alguma para nascer! Ele aproveita todos os tempos! Daí que todos juntos podemos cantar: “Sempre é Natal pra mim! Sempre é Natal pra mim!”. E todas as vezes que as Novas de Alegria são anunciadas e recebidas de boa vontade, é anunciado também um novo nascimento!

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *