Ponce de Leon e a Fonte da Vida

Ponce-De-Leon

O explorador espanhol Juan Ponce de Leon, viajava pela América do Norte, certa feita, à procura da fonte da vida. Tanto andou, descobrindo cenários de rara beleza, não conseguindo, porém, encontrar a tal fonte. O tempo passou, Ponce de Leon morreu e foi sepultado no vale do rio Mississipi.

Sua vida foi marcada pela esperança de encontrar a fonte da vida, ainda que tivesse achado em Atlanta uma fonte que pensou ser a que procurava.

Procurando por por vida eterna, somente poderia achá-la em Cristo Jesus; disto, porém, não sabemos.

Uma certa mulher tirava água de um poço e Jesus lhe disse: “Qualquer que beber desta água tornará a ter sede, mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna” (Jo 4.13-15). Seria inútil fazer o que Ponce de Leon intentou. O que se deve fazer é o que aquela mulher fez: “Senhor, dá-me dessa água”.

Jesus é a Fonte! O profeta chegou a clamar, setecentos anos antes: “Ó, vós todos os que tendes sede, vinde às águas” (Isaias 55.1).

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

One thought on “Ponce de Leon e a Fonte da Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *