O aroma de Deus

Quando um lar é formado, uma nova história começa. Por Deus, como o seu aroma, é educado pelas palavras da vida. Ele olha lá dentro, e no seu silêncio, esparge a sua paz. Resistência com paciência, perseverança e esperança são seus instrumentos, pelos quais trabalha esforçadamente. Faz crescer a sua força dia a dia. Nada deixa faltar ao lar, que está sob sua benção. Ao contrário, as crianças! Elas é que vão chegando para dar alegria! De repente tudo está debaixo da graça! Brincadeiras de felicidade, que fazem sorrir a todos, em sua bendita graça!

Soubessem todos que um lar é um pedacinho de céu. Deveria ser continuamente. Nele, haverá paz do céu, anjos do céu, luz do céu! Não pode ser um covil!, esconderijo de fugitivos que ocultam seus pecados!, que escondem seus comparsas do mal e suas maldades! Deve ser, sim, onde se derrama o aroma de Deus!

Quando todos, no lar, se reúnem para orar, para cantar, ou para comer à mesa, ele tem esse aroma. Quando um socorre o outro em suas necessidades, ou quando alguém precisa se despedir, com lágrimas ou choro, nada se faça ao contrário, nem haja lamentações, nem impropérios, mas abraços, beijos, com delicadeza e amor. Para que nunca falte, enquanto o lar existir, a presença do Senhor.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *