Assim será melhor

melhor

(Reflexão)

Por exemplo, há coisas em nossas vidas, que estão na mente, no coração, que precisam de respostas exatas de Deus. Não poderíamos nos aproximar da presença divina e fazer exigências, como se fosse uma ordem expedida, do próprio jeito. Imagina, há quem diga: “Deus, se não me responderes o que te peço, rasgo a Bíblia e jogo os pedaços no rio!”. Certamente que Deus mesmo não perderá o “seu tempo” com absurda atitude. Para um cidadão assim, que se diz cidadão do céu, isto é louvável? Ainda há os que o aplaudem!, dizendo que é homem de Deus, de muita coragem e fé! Não. Não pode ser assim. A verdadeira atitude é a da submissão, temor, esperança, e acima de tudo, de muito amor. Não sendo por amor, não será de outro modo.

Não podemos barganhar com Deus, por ser bom. Consideremos nossas atitudes diante dele. Ele não está aí para brincadeiras e criancices! Não sejamos temperamentais. Ele sempre terá prazer em nos abençoar, nos ajudar, nos responder. Ele já tem preparada a sua mesa de benção, de vitória, de conquista. Não adiantaria nada corrermos, isto nos cansaria. Mas, se esperarmos nele, com paciência, com confiança, ele mesmo nos fará correr ao encontro da resposta, como diz: “correrão, e não se cansarão” (Is 40.31). As coisas que temos na mente, no coração, serão respondidas, não mais na forma egoística, mas na vontade de Deus, que é ágil e perfeita. Assim será melhor.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *