As flechas do amor – 1

Deus soprou o amor bem dentro! Preocupa-me ver as pessoas, à minha volta, desejosas de saber das decisões finais da minha situação civil, pois para elas, quatro anos sozinho, sem a pessoa que Deus deu para amar e construir um lar, e que para ele foi de inteiro agrado levá-la para junto de si, já são o suficiente para que eu tome as decisões esperadas. Olha, eu acho complicado tomar decisões do jeito como as pessoas querem, sem ferir de novo o que está sarando. Entendo todas as preocupações, e não excluo nenhuma razão, mas preciso medir, e muito bem, o modo como lidar com tudo isto. No pedido que fazem não entra, infelizmente, aquele especial cuidado de lidar com a ausência. Houve alguém que chegou a dizer: “Não te entristeça, Isac, Deus vai te dar outra esposa”. Por favor, não é assim que se lida com a dor alheia, como se bastasse apenas trocar de roupas. Reprovei com veemência tal atitude, porque, parece que a coisa que menos veem é a luta cruel que um perdedor enfrenta.

É nesse sofrimento de perda que entendo que Deus também soprou o amor dentro de cada um de nós! Ao deparar-me com pessoas desesperadas, querendo resolver problemas de sentimentos amorosos, por um só descuido tudo pode virar um caos! A morte desespera por ser forte e o amor é forte como a morte que também pode criar desesperados da vida. A morte e o amor fazem chorar e em ambos não pode faltar sabedoria, pois as duras experiências podem atingir a todos.

Tenho outras coisas que dizer, e espero por você!

Isac Rodrigues

Pretendo trazer na continuidade os seguintes assuntos (podendo mudar algum tema):

De paraquedas na minha frente!

A flecha de todas as idades

Não plante setas com direção errada

Um sofre por outro que não sofre

A inocência sem a proteção de Deus

O ledo engano dos príncipes

O abismo das diferenças

Sofrer o amor não é pecar

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *