A máquina implacável

maquina-implacável

(Reflexão)

Máquina de costura, máquina de lavar roupa, máquina de lavar louça, máquina de fazer pão ou bolo, máquina de moer carne, máquina de escrever, máquina fotográfica, máquina de cartão de credito, máquina de fazer sorvete, máquina de forrar botão, máquina de cortar grama, máquina de triturar papel, máquina de fazer algodão doce, máquina de fazer maçã do amor, máquina de fazer café e até de café cappuccino, máquina a vapor, máquina de fazer dinheiro!… Máquinas agrícolas, máquinas industriais (incluindo as de “Tempos Modernos”), máquinas voadoras, máquina de fabricar máquinas, até a Máquina de Anticítera (uma engenhoca inventada há dois mil anos, e que pelo jeito foi muito útil ao povo de antigamente). Tanta máquina!

Houve um tempo em que as mentes maquinaram estas coisas e hoje não se maquina mais; se maquina o mal, no meio de tanta máquina boa. Porém, tudo tranquilo com as máquinas? Ganhamos tempo com elas? Parece que não temos é mais tempo, isto sim! Até perdemos tempo! Todo mundo cansado, enfadado, estressado, moído. Moído por uma implacável máquina, que também trabalha veloz e muito louca pra muitos, chamada tempo. Nem todos sabem ainda o que essa máquina vai fazer com suas vidas daqui a pouco!

Que o tempo não nos leve, não nos triture, não seja o nosso sofrimento e que, apesar de tudo, nos sare! Que andemos sabiamente, remindo o tempo! Porque os dias são maus!

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *