Jesus Cristo é a nossa Páscoa

pascoa

(Mensagem – pelo rádio)

“Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós”, 1Co 5.7

A palavra páscoa, que quer dizer “passagem”, tem sua origem na língua hebraica, uma das línguas originais da Bíblia. O povo de Israel, o povo de Deus, esteve escravizado por mais de 400 anos no Egito. Chegou o dia, porém, em que Deus daria libertação ao seu povo. Deus colocou Moisés à frente do seu povo para o grande momento de libertação. O mesmo Moises conduziria aquele povo a uma terra diferente, a uma terra de liberdade, a Terra Prometida. Deus ordenou que na hora da libertação, o povo celebrasse a páscoa e que fosse sempre lembrada através dos anos. A páscoa consistia na morte de um cordeiro, cujo sangue seria colocado nas ombreiras e vergas de todas as portas, pães sem fermento e ervas amargosas, que seriam comidos um dia antes. Cada um teria que cingir os lombos, ter calçados nos pés e cajados nas mãos. Nm 9.1,2 diz: “E falou o Senhor a Moisés no deserto de Sinai, no ano segundo da sua saída da terra do Egito, no primeiro mês, dizendo: Celebrem os filhos de Israel a páscoa a seu tempo determinado”.

Tudo isto simboliza a passagem da morte para a vida. Um símbolo que veio concretizar-se no Novo Testamento, através da pessoa de Jesus Cristo, que morreu por nossos pecados e que nos aproximou de Deus, pois estávamos escravizados e mortos espiritualmente. Ele, como o Cordeiro de Deus, propiciou a vida eterna, a verdadeira vida para os que nele cressem. Ef 2.13 diz: “Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto”. “Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós”, 1Co 5.7.

Hoje, domingo de Páscoa, estamos celebrando a ressurreição de Jesus Cristo. Este pode ser um dia maravilhoso como um marco de vitória sobre a morte e o princípio da vida eterna. Nem todos entendem o porquê de Cristo ter sido morto e ressuscitado, pois com o seu ato de justiça e amor, ele pode hoje mesmo dar resposta aos problemas sobre a morte espiritual, a morte física e as interrogações da vida.

“Ele vos deu vida, estando vós mortos em vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo (…) entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais”, Ef 2.1-3. Ele faz passarmos por verdadeiras mudanças de vida! Por isto ele é chamado de a nossa páscoa. Depois de ter cumprido sua missão de salvar os que cressem nele, hoje está à direita do Pai intercedendo por nós. Hoje sua vida em nós permite que tenhamos uma nova vida, plena e abundante.

Independentemente da forma tradicional de comemorarmos a páscoa nesta data (coelhinhos, ovos de chocolate, cestinhas com papéis coloridos), comemoremos, acima de tudo, aquele que deu sua vida por nós, nos fazendo passar da morte para a vida e que um dia vai governar sobre tudo e todos, para todo sempre.

Deus o abençoe ricamente.

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

One thought on “Jesus Cristo é a nossa Páscoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *