Temos uma lâmpada

TEMOS UMA LÂMPADA

Uma lâmpada que precisa brilhar em lugares tenebrosos e escorregadios. Por sua luz meus e teus passos e de amigos também, e até de desconhecidos, não tropeçarão. Sua luz, fraca que seja, seja suficiente para mostrar o caminho certo. Lâmpada pobre que, pobre que seja, acerta os passos de quem vai buscar seus tesouros. O destino de quem vai está determinado pelo clarear de uma pequena chama, que chama à sorte dos que desejam a bem-aventurança.

Grandiosa é a responsabilidade de manter seu brilho! Da lâmpada que não pode apagar-se, e que precisa dar luz! Dela depende a felicidade de quem tem cuidado dos seus, dos seus lares e de filhos pequenos! Filhos tratados e instruídos construirão a beleza de uma nação! Um povo de cidadãos honrados que elevarão o seu nome no mundo! E dirão: Tudo teve início com uma lâmpada!

Temos uma lâmpada que pode construir? Não faltará o azeite a ela, que ilumina? Faltando, de que valem as vestes alvas, grinaldas e véus de noiva?

Que nunca falte o essencial para manter acesa a lâmpada que temos, pequena que seja, cuja chama não deve apagar-se.

Sim, chama à esperança uma lâmpada acesa!…

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *