Maria nos dá o exemplo

Maria poderia ter se negado em ser a mãe de Jesus na forma como o Senhor determinou – sem conhecer marido. Por quê? Porque pensou na maledicência dos homens e isto poderia lhe roubar o direito de viver em paz ou ser reputada como má gente. Foi necessário à Maria que o poder do Altíssimo a cobrisse com a sua sombra! Ela preferiu ouvir impropérios contra Jesus, tais como “filho de prostituição”, Jo 8.41 (chamando Maria de quê?) do que correr o risco de não ser “agraciada”.

Quantas vezes os projetos de Deus estão à nossa porta e não os guardamos no coração, por causa disso e daquilo, ou da opinião de alguém que vai achar ruim, e não será bom nem para nós mesmos e nem para ninguém mais! E preferimos perder a benção de uma grande oportunidade! Mesmo sabendo que um simples gesto de obediência poderia mudar nossas vidas e, quem sabe, salvar a muitos!

Precisamos receber o Espírito Santo com entendimento, sabendo que planos tremendos ele tem para nós! Precisamos ser receptivos a Deus, aceitar que o Espírito Santo nos cubra e revele todo seu maravilhoso propósito, embora tudo se pareça loucura. Ademais, acreditar que loucura em Deus é sabedoria! Que é sabedoria para a nossa felicidade, não nos importando com o que vão dizer. Em fazer a vontade de Deus, em fazer o que o Espírito quer, Maria nos dá o exemplo.

Isac Rodrigues