Dormindo sobre uma almofada

Hoje ocorreu-me Mc 4.38: “E ele (Jesus) estava na popa dormindo sobre uma almofada; e despertaram-no, dizendo-lhe: Mestre, não te importa que pereçamos?”. Jesus dormindo, num pequeno barco, estaria alheio à tempestade que seus discípulos estavam enfrentando? Também me ocorreu outro versículo que diz: “Assim diz o Senhor: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo (estrado) dos meus pés” (Is 66.1). Escabelo ou estrado é um pequeno banco que servia para apoiar os pés de alguém assentado. Isto significa domínio diante de situações solucionáveis. Meditando, entendia que Deus tem descanso dos rumos de nossa existência, querendo que entendamos que não perdeu o controle de nosso direcionamento. Que não nos perturbemos com nada. Salmo 42.6: “Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei na salvação da sua presença”.

Acredito que Jesus dormiu de propósito sobre aquela almofada, pois descansou a cerca dos problemas humanos. Ele já teria tudo resolvido? Ele já teria uma resposta a alguma dificuldade que eu ou você estamos procurando há tempo? Por que as tempestades então? Por que Deus precisaria delas se já tem respostas prontas? Entendo que o mau tempo, os contratempos, as dificuldades, os impedimentos, as impossibilidades, falta de respostas, foram-nos permitidos para aumentar a nossa fé! Pois é somente com fé que teremos Sua resposta!

Isac Rodrigues