Que haja calor no teu iglu

haja-calor-em-teu-iglu

(Reflexão)

São belos os provérbios esquimós. Um deles diz: “Que haja calor no teu iglu, óleo na tua lâmpada, e paz no teu coração”. Os esquimós “são povos indígenas que habitam tradicionalmente as regiões em torno do Círculo Polar Ártico, no extremo norte da Terra” (Wikipédia). Suas casas, onde aconchegam os seus lares, são chamadas de iglus. Cada iglu é feito de neve endurecida soprada pelo vento, e pode comportar uma família de até vinte pessoas. O próprio gelo faz aquecer o seu interior, onde se pode acender uma fogueira! Suas lâmpadas são abastecidas com óleo extraído da gordura de focas.

Um vizinho esquimó, ao olhar o lar do outro, deseja-lhe boas coisas! Deseja-lhe calor, mais que o de uma fogueira; calor humano, calor de amor. Deseja-lhe luz para a sua mente, para ser sábio em suas importantes decisões. Deseja-lhe paz em tudo, como querendo dizer: “Se o teu coração está bem a tua casa também”. Esse povo estranho e desconhecido, que convive sadiamente, deixa a marca de bom povo. Eles não são ouvidos, mas a forma de seu viver e o bem estar desejado podem ser o ponto de partida que servirá de modelo ou exemplo à nossa sociedade, que há muito deixou para trás a pureza e a simplicidade da vida.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *