Os bilhetes de Deus – das aves – 4

aves

(Reflexão)

“Voem as aves sobre a face da expansão dos céus” (Gn 1.20) e “se multipliquem na terra” (v. 22). As aves, na Bíblia Sagrada, nos ensinam muitas coisas importantes. Eis os bilhetes de Deus – das aves:

O primeiro bilhete: “Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?” (Mt 6.26). Devemos lançar nossas preocupações sobre Jesus Cristo e confiar nele. Ele não falhará.

O segundo bilhete: “Até a cegonha no céu conhece os seus tempos determinados; e a rola, e o grou e a andorinha observam o tempo da sua arribação; mas o meu povo não conhece (que despreza) o juízo do Senhor” (Jr 8.7). Podemos conhecer os juízos do Senhor se de fato nossos corações desejarem. Do contrário seremos corrigidos pela transgressão, pelo conhecimento adquirido de Deus. Nisto, ninguém será castigado ignorantemente.

O terceiro bilhete: “E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-na” (Mt 13.4). Jesus explica quem é o causador do mal (na figura das aves): em Mateus, é o “maligno”; em Marcos, “satanás”; e em Lucas, o “diabo”. A mensagem: se quisermos ser salvos, não devemos endurecer o nosso coração (Hb 3.8) e devemos permitir que a Verdade flua para sermos libertos (Jo 8.32) de toda transgressão.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *