Os abacateiros lá de casa

Os-abacateiros-lá-de-casa

(Reflexão)

Eu era bem pequeno ainda, não tinha dez anos de idade, quando vi meu pai armar-se de uma de suas ferramentas de trabalho, uma machadinha bem afiada, e rumar em direção dos abacateiros lá de casa. Segui-o curioso para ver o que faria.

Para minha surpresa, e dor, vi meu pai golpear o primeiro pé de abacateiro. Pasmo, rasgou o tronco de alto a baixo. Dirigiu-se para o segundo pé, fez o mesmo; terceiro, até o último. Pensei: “Pronto. Meu pai vai matar tudo!”. Dei-me por vencido, sentindo-me derrotado, prevendo a morte de todos os nossos abacateiros.

Passaram-se alguns meses, e para minha surpresa, sim, surpresa, algo inesperado aconteceu. Aqueles cortes se alargaram vários centímetros, fazendo engrossar todos os troncos! Foi curioso observar o quanto a parte interna se expandiu para fora, deixando apenas as marcas, porém trazendo uma enorme vantagem! Daí que, no tempo da frutificação, todos os abacateiros produziram grandes e lindos abacates, como nunca!

Então… Cá entre nós, quando o supremo Pai usa de suas ferramentas, para tratar de nosso caráter e nos formar para um novo comportamento, não seria para darmos frutos melhores e abundantes? Pois é. É dolorido, mas vale a pena.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *