O deserto do Atacama e o El Niño

el-nino

(Reflexão)

Para desestabilizar o clima do deserto do Atacama (do norte do Chile até à fronteira com o Peru), só mesmo o El Niño, um fenômeno climático provocado pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico. É quando chove torrencialmente no deserto. Beneficamente, isto afeta profundamente os ecossistemas do lugar. Foram os pescadores que deram o nome de El Niño (“Menino Jesus”) ao fenômeno, porque aparece geralmente no mês de dezembro.

Para os peruanos e chilenos o “Menino Jesus” é benção! As chuvas fortes e abundantes criam um dos maiores espetáculos da natureza: surgimento da vida! As sementes que ficaram anos a fio aparentemente mortas, em forma latente, brotam em flores e cores por todos os lados, nas mais variadas espécies de plantas! É a vida sobrepujando a aridez de um deserto. O El Niño, que é benéfico para a região dos Andes, pode ser maléfico em outras partes do planeta, como vendavais e tormentas.

Isto nos faz lembrar de Jesus (Lc 1.23,24; Lc 20.17,18), que sendo Pedra, é Rocha de fundamento, que firma as edificações erigidas nela. Porém, para quem se escandaliza dessa Pedra, ela mesma se torna num tropeço. Para muitos Jesus é a maior bênção! Para outros, é escândalo e problema.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *