O canto novo do rouxinol

Dizem que todas as vezes que o rouxinol canta, nunca repete a mesma canção. Ele entoa uma canção nova todos os dias! “O canto do rouxinol tem sido descrito como um dos sons mais bonitos na natureza, inspirando canções, contos de fadas, ópera, livros e uma enorme quantidade de poesia” (Wikipedia).

Na natureza, da criação de Deus, o impulso por aquilo que é novo é bem perceptível. O Senhor não planejou repetitividade alguma das coisas. Ele detesta o chamado ciclo vicioso. Deus deseja conceder sempre o que será novo todos os dias. Para isto existem os dias. Cada amanhecer pode despontar com uma boa nova. Por que será? Ele não quer que ninguém se enfade com a vida. Ele quer que todos estejam descobrindo boas coisas em todo tempo. Poderás dizer-me que, estás cheio de problemas e esta minha palavra não lhe serve agora; que é pura sensação de otimismo. Etc. Eu não gostaria de contar-lhe o que sinto e o que passo em questões de vida. Nada dos meus lamentos o agradaria; porque é disto que a vida é feita. Com todos. Mas eu venho por outro caminho. Venho pelo que diz: Deus, “novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade” (Lm 3.23). Ele, podendo fazer um passarinho entoar uma canção diferente todos os dias, o que não poderia acerca de nós? Quem não gosta de receber uma coisa boa?

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *