Na dúvida…

Não há quem não observe placas de advertência pelas estradas, com os dizeres: “Na dúvida, não ultrapasse”. Quantos, na dúvida, não acabaram com a própria vida? Ocasionalmente poucos. Nunca é demais prestar atenção e fazer o que os avisos pedem. Acham bonito aventurar-se, mesmo sabendo dos riscos!

Nesta caminha da vida, de cada um de nós, quantos findaram a vida com ultrapassagens mal feitas. Lá se foram projetos! Para trás ficaram famílias, entes queridos! Em decorrência de uma situação duvidosa. A dúvida tem acabado com sonhos. A dúvida tem acabado com projetos. A dúvida tem acabado com a alegria da esperança e colocado em jogo a própria fé.

Que projetos há em mente? Está tudo aprovado pelo Senhor da vida? Ele poderia continuar dirigindo-o sem ser impedido? Sabes que o Senhor tem o melhor, e que faz tudo certo, mas não te ufanes com ultrapassagens no tempo e lugar errados. Não permita que tudo saia errado. Não permita que precipitação alguma fira a boa consciência e a boa razão. Perca tempo, se necessário for, mas chegue ao alvo, com vida, e de forma certa! É melhor esperar que perder tudo pela pressa, porque, ou hoje, ou amanhã, Deus te fará alcançar o que determinou.

Na dúvida, não ultrapasse.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *