E com ele cearei

“Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo”, Ap 3.20.

Veja o quanto Jesus está de fato pelo lado de fora da porta da vida espiritual de muita gente! Ele estava junto da porta de uma igreja, a igreja de Laodiceia – que o havia rejeitado.

Jesus se posiciona junto da porta, e bate à porta. Ele é diferente daquele que “vem senão a roubar, a matar, e a destruir”, Jo 10.10. Aqui, o ladrão arromba a porta e entra sem pedir licença, sem ao menos bater, e faz o seu estrago!

Jesus fala junto da porta, como diz o verso: “se alguém ouvir a minha voz”, sabendo que há alguém pelo lado de dentro. Quem poderia ser? Seria eu? Seria você? No verso 16 de Jo 10 Jesus continua a dizer que “Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz…”. Ficamos felizes em saber que ainda existe muita gente que ouve a voz de Deus.

Em 1Rs 19.9-12 encontramos Elias passando por uma experiência nada agradável, devido a uma perseguição de morte. Diz o texto: “E ali entrou numa caverna e passou ali a noite; e eis que a palavra do Senhor veio a ele, e lhe disse: Que fazes aqui Elias? E ele disse: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e só eu fiquei, e buscam a minha vida para ma tirarem. E Deus lhe disse: Sai para fora, e põe-te neste monte perante o Senhor…”. Nos momentos seguintes, Deus fez passar um grande e forte vento, um terremoto, um fogo, “e depois do fogo uma voz mansa e delicada”, que então, consolou o profeta de Deus.

Seja qual for a situação a enfrentar, a voz de Deus é agradável e doce, conforme o Sl 119.103, que diz “quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca”.

Jesus espera que alguém abra a porta, como diz: “se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta”. A entrada de Jesus em nossas vidas depende de uma importante decisão: abrir a porta de nosso coração, de nossa alma, para Ele entrar.

Jesus entrará pela porta, que é o resultado de nossa importante decisão. Podemos ver isto quando Ele entrou em casa do chefe dos Publicanos de Jericó: “E quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa”, Lc 19.5. Aquele pouso significou uma poderosa salvação para Zaqueu e o perdão de todos os seus pecados.

Jesus ceou com o dono: “e com ele cearei, e ele comigo”. A ceia era a segunda refeição do dia, servida no começo da noite. Simboliza a morte e ressurreição de Jesus, e que todo cristão sincero nunca se esqueça da redenção realizada por Ele, para a salvação, para o perdão, para a eternidade.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *