Contas saldadas

contas

(Reflexão)

Antes que a noite caia, quero deixar as contas prontas, para que não tenha pesadelos no sono. Quero sossegar e descansar. No amanhecer, eu sei, estarei despertado e desanuviado. No amanhecer só estarei pensando nos sonhos e nas revelações de Deus. Em tudo o que criou, escreveu, planejou, mesmo martelando em ferro frio, vou me tranquilizar, porque o que eu tinha que fazer, fiz, e aguardarei pela hora em que resolverá as outras questões.

Deixar tudo somado e pronto é bom; multiplicado, também. Somado é melhor, acrescenta-se. Depois é dividir e repartir. Deus trabalha direito, é correto e justo em seus atos, muito fiel. Porque eu não? Ele pensa bem, com bondade, e no mínimo tenho que ter a mente dele, para não errar nos projetos e sempre acertar nas resoluções. Ele pode martelar em ferro frio, porque intentou forjar alguma coisa boa. Somente ele sabe o valor que essa coisa tem.

Acho que minha dureza de coração não irá desisti-lo de mim. Quero, pelo menos, clamar: “Senhor, ajuda a minha incredulidade”. E então verei o quanto ele é Deus e eu um simples mortal que foi alcançado por sua bondade e que levou-me às respostas, para depois saber, sim, que ele conseguiu moldar o ferro frio, e eu ter minhas contas saldadas, e poder ter sua mão sobre mim.

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

One thought on “Contas saldadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *