As flechas do amor – 4

A flecha de todas as idades (a) – Veja você, quanta coisa aprende-se na trajetória humana! Alguns tabus, que caem por terra, na hora em que Deus mostra como pensa e como quer; que a gente cresce sabendo que de um jeito é que está certo; de outro, não. A nossa cultura diz que, pela obviedade, quem tem que ser mais velho em idade é o marido. Foi o que não aconteceu pro meu lado. Por muitos anos perguntava-me sobre o que Deus queria dizer mesmo sobre a diferença de uma década. Depois de uma longa  e cansativa espera é que fui entender. Este foi o risco que corri, vivenciando-o.

Hoje, meus questionamentos não param – que outro extremo, fora do comum posso enfrentar ainda? Sempre notei tais extremos. Muitas vezes, em meio às indagações, eu queria saber: porque tem que ser diferente? Estaria eu portando um problema que só Deus via? Ela estava orando, e eu também. Todavia, me foi útil, e eu precisava desse tratamento. O Senhor colocou-me no meio de uma família experimentada, da qual eu precisava para a minha própria formação! Então, eu não me casaria com uma princesa? Não! Eu me casaria com um propósito divino na forma feminina! Loucura!

Mas Deus escreve direito por linhas tortas… Daí é que não vejo como defeito ou engano díspar o fato das idades. Mas seja da forma como Deus quis, sua flecha prevaleceu nessa descombinada escala de números, porque, mesmo com todos os meus defeitos e fraquezas, tudo estava de acordo. Você, pensa bem… Deus sabe do quanto é necessário a você que ele se intrometa no bom destino de sua vida!

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *