A viagem está enfadonha?

Todo mundo diz que a vida é como uma viagem, com muitos acontecimentos, surpresas… Anos atrás fiz uma longa viagem de ônibus. Meia-noite. Ônibus lotado. Meu banco era um dos últimos. Pessoas embarcavam, lotando completamente o corredor. Chamou-se a atenção uma senhora, segurando um grande buquê de flores, lindo. Ela estava em pé, e naquele movimento de pessoas entrando e saindo, ela foi se aproximando de mim, até que o seu buquê de flores ficou entre eu e o banco da frente. Aí, sim! Não pude ver mais nada. Fiquei um bom tempo olhando o que só havia na minha frente – flores! Até que me cansei… e o inusitado aconteceu!

Dentre a folhagem, uma pequenina aranha apareceu! Acho que não me enganei, quando a vi, pois pensei que tivesse dito: “Oi!”. Ela desceu com seu fiozinho e parou! Gente, o show começava! Eu, da platéia assisti boquiaberto, a aranhazinha armar toda a sua linda teia! Ela fez tudo tudo muito bem, inteligentemente! Puxa prá lá, puxa prá cá! Fez todos os “xis” possíveis! E de fora para dentro ela puxou, matematicamente, o seu fiozinho na forma espiral para finalizar o que estava tecendo! Por fim, posicionou-se bem no centro! E ali ficou! Fiquei embevecido com tudo o que vi! Demais!

A viagem está enfadonha? Já descobriu alguma coisa que o Senhor deseja chamar-lhe a atenção e assim, fazer esquecer um pouco os apertos, o calor das horas, o desafio da falta de espaço, de oportunidades, sem ter vez e voz? Calma. Ele cuida de tudo!

Tenha uma boa viagem!

Isac Rodrigues

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *