A Sabedoria de Deus na Natureza

abelha

Olhá só, que texto lindo este, de Abraão de Almeida! Curta e compartilhe!

(Publicado na revista A Seara)

“Fala com a terra, e ela te ensinará”, afirma a Bíblia Sagrada em Jó 12.8. Que tem o homem realizado de mais valor, senão mediante a observação e imitação dos processos naturais de formação dos minerais, da perpetuidade da vida animal e vegetal? Deus coloca um punhado de argila no coração da terra e, através da ação do fogo, transforma-o em formosa ametista de alto valor; ou toma uma certa quantidade de carvão, coloca-o nas entranhas do solo, e, mediante a combinação do fogo e a pressão dos montes e das rochas, transforma o carvão em resplandecente diamante que vai figurar na coroa dos reis, no diadema dos poderosos!

Há maravilha na diversidade da incubação dos ovos das aves: o canário nasce ao 14 dias, a galinha aos 21, os patos e gansos aos 28, o ganso silvestre aos 35, os papagaios e avestruzes aos 42 dias. A diferença entre um período e outro é sempre de sete dias! Deus sabe como deve regular a natureza e jamais comete engano quando determina uma ordem. As ondas do mar quebram à praia na razão de 26 por minuto, quer reine calma, quer se manifeste a tormenta. Aquele que criou o homem também pode guiá-lo. Somente quem criou o cérebro e o coração pode dirigi-los com êxito para um alvo útil.

A sabedoria divina revela-se ainda nas coisas que poucas pessoas notam: a melancia tem número par de franjas, a laranja número par de gomos, a espiga de milho número par de fileiras de grãos. O cacho de bananas tem, na última fila, um número par de bananas; cada fila de bananas tem uma banana a menos que a anterior, de modo que, se uma tem número par, a seguinte terá número ímpar. Todos os grãos das espigas (cereais) se encontram em número par! É admirável como Jesus, ao se referir aos grãos, mencionou exatamente números que coincidiam, quando disse: “a trinta, a sessenta e a cem”, Mc 4.8; Mt 13.8; Lc 8.8.

Deus estabeleceu que as flores abram suas pétalas a horas determinadas do dia, de modo que Lineu, o ilustre naturalista sueco, declarou que, se pudesse encontrar um local onde a terra, a umidade e a temperatura fossem ideais, seria possível determinar a hora, o dia ou a noite em que as flores desabrochariam suas pétalas. É assim que o Senhor, por sua graça maravilhosa, pode determinar à vida que cumpra seus planos e propósitos. Somente a vida sob os cuidados divinos está a salvo de contratempos.

Veja-se outro mistério que os homens ainda não descobriram: árvores com cinco, dez e até vinte metros de altura, pesando milhares de quilos, estão apoiadas em apenas 25 ou 30 centímetros de raízes e fibras que penetram seus cernes. Nenhum ser humano, até agora, foi capaz de descobrir a forma de aplicar esse princípio na construção de edifícios e pontes. Outra maravilha: Deus toma o oxigênio e o hidrogênio, ambos inodoros, insípidos e incolores e os combina com o carvão, insolúvel, negro, sem gosto, e como resultado temos o alvo açúcar, de sabor doce. Queiramos ou não, o Deus de sabedoria age em todas as coisas.

Cevide

View more posts from this author

Compartilhe em sua rede social, blog ou site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *